Livros Apócrifos
Wiktoria Goroch
1.0 Varies with device
Bíblia Sagrada. Apócrifos

Os Livros apócrifos (grego: απόκρυφος; latim: apócryphus; português: oculto), também conhecidos como Livros Pseudo-canônicos, são os livros escritos por comunidades cristãs e pré-cristãs (ou seja, há livros apócrifos do Antigo Testamento) nos quais os pastores e a primeira comunidade cristã não reconheceram a Pessoa e os ensinamentos de Jesus Cristo e, portanto, não foram incluídos no cânon bíblico.

O termo "apócrifo" foi criado por Jerônimo, no quinto século, para designar basicamente antigos documentos judaicos escritos no período entre o último livro das escrituras judaicas, Malaquias e a vinda de Jesus Cristo. São livros que, segundo a religião em questão, não foram inspirados por Deus e que não fazem parte de nenhum cânon. São também considerados apócrifos os livros que não fazem parte do cânon da religião que se professa.

A consideração de um livro como apócrifo varia de acordo com a religião. Por exemplo, alguns livros considerados canônicos pelos católicos são considerados apócrifos pelos judeus e pelos evangélicos (protestantes). Alguns destes livros são os inclusos na Septuaginta por razões históricas ou religiosas. A terminologia teológica católica romana/ortodoxa para os mesmos é deuterocanônicos, isto é, os livros que foram reconhecidos como canônicos em um segundo momento (do grego, deutero significando "outro"). Destes fazem parte os livros de Tobias, Judite, I e II Macabeus, Sabedoria de Salomão, Eclesiástico (também chamado Sirácide ou Ben Sirá), Baruc (ou Baruque) e também as adições em Ester e em Daniel - nomeadamente os episódios da História de Susana e de Bel e o dragão.

Os apócrifos são cartas, coletâneas de frases, narrativas da criação e profecias apocalípticas. Além dos que abordam a vida de Jesus ou de seus seguidores, cerca de 50 outros contêm narrativas ligadas ao Antigo Testamento

Livros deuterocanônicos considerados apócrifos, para judeus e protestantes
- Adições em Daniel (ou nomeadamente os episódios do Salmo de Azarias e o cântico dos três jovens, a História de Susana e Bel e o dragão)
- Adições em Ester
- Baruc
- Eclesiástico ou Sirácida ou Ben Sirá
- Livro de Judite
- Primeiro Livro de Macabeus ou I Macabeus
- Segundo Livro de Macabeus ou II Macabeus
- Livro de Tobias
- Sabedoria

Holy Bible. Apocrypha

The apocryphal books (Greek: απόκρυφος; Latin: apócryphus; Portuguese: hidden), also known as Pseudo-canonical books are the books written by Christian communities and pre-Christian (ie, there is apocryphal books of the Old Testament) in which pastors and the first Christian community did not recognize the person and teachings of Jesus Christ and therefore were not included in the biblical canon.

The term "apocrypha" was created by Jerome in the fifth century, primarily to designate ancient Jewish documents written in the period between the last book of the Jewish scriptures, Malachi and the coming of Jesus Christ. Are books that, according to the religion in question, were not inspired by God and not part of any canon. Are also considered apocryphal books that are not part of the canon of religion that professes.

The consideration of a book as apocryphal varies according to religion. For example, some books considered canonical by Catholics are considered apocryphal by Jews and Evangelical (Protestant). Some of these books are included in the Septuagint for historical or religious reasons. The Roman / Orthodox Catholic theological terminology for them is deuterocanonical, ie, books that were recognized as canonical in a second stage (from the Greek deutero meaning "other"). These are part of the books of Tobit, Judith, I and II Maccabees, Wisdom of Solomon, Ecclesiasticus (also called Sirach or Ben Sira), Baruch (or Baruch) and also the additions to Esther and Daniel - including episodes of History Susanna and Bel and the Dragon.

The Apocrypha are letters, collections of sentences, narratives of creation and apocalyptic prophecies. Besides addressing the life of Jesus or his followers, about 50 others contain narratives linked to the Old Testament

Deuterocanonical books considered apocryphal, for Jews and Protestants
   - Additions to Daniel (or particular episodes of Psalm of Azariah and the song of the three youths, the History of Susanna and Bel and the Dragon)
   - Additions to Esther
   - Baruch
   - Ecclesiasticus or Sirach or Ben Sira
   - Book of Judith
   - First Book of Maccabees I Maccabees or
   - Second Book of Maccabees II Maccabees or
   - Book of Tobias
   - Wisdom

Content rating: Everyone

Requires OS: 1.6 and up

...more ...less