Omulu
Eiye Ifã
1.0 Varies with device
Omulu ou Obaluaiê é o orixá da humildade, senhor da doença mas também da cura e médico dos médicos, durante o dia vem em forma de cura, sanando todos aqueles que necessitam, à noite vem como a morte, recolhendo os que de alguma forma chegou a hora. Filho primogênito de Oxalá com Nanã, Omulu era dotado de uma grande criatividade e timidez, foi o precursor da caridade, da humildade e do desapego material. Foi um grande pensador que andava pelos reinos semeando a sabedoria. Médico dos pobres, senhor absoluto de todas as doenças de pele e infecciosas. Protetor dos desamparados, humildes, doentes e profissionais da saúde.

Sua história conta que nasceu deformado com muitas chagas recobrindo seu pequeno corpo e por isso foi abandonado por sua mãe na praia. Aconteceu ainda que seus choros atraíram alguns caranguejos que dilaceraram seu rosto tornando-o ainda mais machucado. É por essa razão que os filhos de Omulu não devem comer caranguejo.

Seu choro atraiu Yemanja que com seu grande instinto maternal cuidou dele como uma mãe e envolveu seu corpo com palhas para proteger sua pele dilacerada. Ele cresceu e continuou usando as palhas de modo que ninguém mais viu seu rosto pois quando cresceu Omulu decidiu que não queria ser julgado por sua aparência e assim cobriu seu rosto com uma máscara de palha e abandonou a companhia dos demais orixás passado a viver sozinho da floresta.

Na floresta ele tornou-se um grande feiticeiro e aprendeu a usar todas as plantas e energias da natureza tanto para a cura e salvamento como para causar doenças e intoxicações. Omulu é o senhor da magia e é também considerado como o responsável pela passagem dos espíritos do plano material para o espiritual.

Vez passou que havia uma grande festa entre os Orixás e depois de muito tempo Omulu resolveu reaparecer. Ainda coberto com sua máscara ficou tão feliz por estar de volta em casa que se colocou a dançar, rodopiando cada vez mais rápido. Foi então que Oyá enviou um vento forte que soprou palha toda levando-a para longe. Todos os orixás de voltaram para Omulu, mas eis que suas chagas haviam estourado no ar como pipoca e revelaram o rosto mais lindo que já havia sido visto. É por essa que a pipoca é dada como oferenda a este orixá.

Contudo assim como Omulu não queria ser julgado por sua feiura também não queria ser julgado por sua beleza e recolocou sua máscara para nunca mais tirar.

Neste livro você encontrará informações sobre a história de Omulu, características, simpatias, mitologia, preces, oferendas, e muito mais!

Omulu or Obaluaiê is the Orisha of humility, lord of the disease but also of healing and medical doctors during the day comes in the form of healing, solving all those in need in the evening comes as death, collecting that somehow arrived hour. Eldest son of Oxala with Nana, Omulu was endowed with great creativity and shyness, was the forerunner of charity, humility and material detachment. It was a great thinker who walked the realms sowing wisdom. Doctor of the poor, the absolute master of all skin diseases and infectious. Protector of the helpless, humble, patients and health professionals.

His story goes that was born deformed with many wounds covering her small body and so was abandoned by his mother at the beach. It happened even though his cries attracted some crabs that tore his face making it even more hurt. It is for this reason that the children of Omulu should not eat crab.

His crying attracted Yemanja that with his great maternal instinct took care of him like a mother and wrapped his body with straw to protect his torn skin. He grew up and continued using the straw so that no one saw his face because when grown Omulu decided it did not want to be judged by their appearance and so covered his face with a straw mask and left the company of other deities past to live alone the forest.

In the forest he has become a great wizard and learned to use all plants and energies of nature both for healing and rescue as to cause diseases and poisoning. Omulu is the lord of magic and is also regarded as responsible for the passage of the spirits of the material plane to the spiritual.

Time spent there was a big feast of the Orishas and after a long time Omulu decided reappear. Still covered with his mask was so happy to be back at home who put the dancing, spinning faster and faster. Then Oya sent a strong wind that blew all straw leading her away. All deities of returned Omulu, but behold, his wounds had burst in the air like popcorn and revealed the most beautiful face that had already been seen. It is for this that the popcorn is given as an offering to this deity.

However as Omulu not want to be judged by its ugliness did not want to be judged by its beauty and replaced his mask never to take.

In this book you will find information about the history of Omulu, features, sympathies, mythology, prayers, offerings, and more!

Content rating: UnratedWarning – content has not yet been rated. Unrated apps may potentially contain content appropriate for mature audiences only.

Requires OS: 2.1 and up

...more ...less